Filme – A Lenda (1985) – Não pensa no Diabo que ele aparece!

A Lenda (1985)Hoje vou escrever sobre o filme – A Lenda (1985) – Não pensa no diabo que ele aparece!

Hum, acho que esse deve ser o útimo post de filmes aqui no blog, pelo menos por um tempo, então resovli escolher mais um filme velho, que me traumatizou marcou bastante nos tempos de Sessão da tarde (na minha cabeça já está tocando vinheta).

Zapeando pelo Netflix me deparei com ele no catálogo, e numa bela, nublada e preguiçosa tarde de sábado (elas foram feitas para isso né?) Resolvi rever o filme, cujas parcas lembranças que tinha, era do Demônio chifrudo, e minha vó, aumentando o trauma dizendo que ele era real, as patas de bode confirmavam, afinal, um ator não pode ter cascos no lugar de pés não é mesmo?

O filme é relativamente curto, tem o plot mais batido do mundo (o que para mim não é problema): princesa encantada Lili vive vagando e cantando pelo reino, é amada por todos e tem uma paixonite pelo garoto selvagem Jack. Enquanto isso, Senhor do Escuro Lord of Darkness, o mal encarnado, que habita um carvalho gigante que mais parece um castelo assombrado, troca uma ideia com seu pai (?), e nos  revela que está bem revoltado, já que todo dia o sol nasce, e ele não pode brincar na rua de dia.

GeekEremita_Legend

Olha essa mão boba ai Princesa!

Como todo bom empresário, o Dark lord todo poderoso, envia um punhado de Goblins fracassados para obter os artefatos mais poderosos do universo, capazes de prender o mundo em uma escuridão perpetua: Chifres de Unicórnio.

Geek_Eremita A Lenda Goblin

Coincidências a parte, nesse exato momento, Jack havia levado Lili para ver os cavalos chifrudos acasalarar dançar e brincar em meio a floresta encantada. A garota mimada, claro, não podia ficar apenas olhando, e resolveu encantar o unicórnio macho com sua magia de princesa. Bestificado pela beleza oitentista de Lili, o chifrudinho não percebe o bando de goblins a espreita, e é ferido com uma flecha envenenada.

geek eremita legend

Típica tatuagem de tiozão

Com a morte de um dos unicórnios, o mundo é jogado em trevas, ficando coberto por neve, matando todos congelados, com a princesa e a última unicórnio capturada pelo pé de bode, cabe ao Jack, unir-se aos Duendes, Elfos, Fadas e Anões da floresta, para encarar os seres mais malvados do mundo e salvar sua amada.

Minhas observações finais sobre o filme recaem principalmente sobre a maquiagem, que é realmente muuuito boa,o filme parece ter tido um baixo orçamento, já que são apresentadas poucas criaturas de cada tipo, mas os três goblins são realmente assustadores, a bruxa do pantano deixaria o eremitinha de cinco anos, uma semana sem dormir, e o que falar do capetão? Sua figura é de certa imponência até hoje.

geek eremita bruxa a lenda

Por usar e abusar de efeitos práticos, a estética do filme não ficou tão datada, e sua história é contada e desenvolvida muito mais atravez imagens do que linhas de diálogo, fazendo tudo parecer um clipe maluco de música antiga.

geek eremita darkness

Meu veredito? É um filme divertido, as vezes tem seu desenvolvimento um pouco mais arrastado se comparado aos filmes atuais, as isso não chega a ser um demérito, o filme continua perfeito em seu propósito: traumatizar crianças.

P.S: minhas reclamações continuam, parece que o pessoal da legenda ainda não entendeu a diferença entre goblins e duendes.

Anúncios

Um comentário sobre “Filme – A Lenda (1985) – Não pensa no Diabo que ele aparece!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s